As opiniões deste blog não representam, necessariamente, o conjunto dos pastores batistas: homens ou mulheres.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

é importante falar das pedras



"Marco Polo descreve uma ponte, pedra por pedra. -  Mas qual é a pedra que sustenta a ponte? - pergunta Kublai Khan. - A ponte não é sustentada por esta ou aquela pedra - responde Marco , mas pela curva do arco que estas formam. Kublai Khan permanece em silêncio, refletindo. Depois acrescenta: - Por que falar das pedras? Só o arco interessa. Polo responde: - Sem pedras, o arco não existe."               Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis".
A realidade esconde complexidades. O todo não existe sem as partes. A superfície mais lisa, guarda inúmeros detalhes. Um naco de unha, abriga milhares de átomos. Tudo tão rico e importante!
Em uma cultura de resultados e aparências, como a ocidental, só o arco interessa. Ou ainda, o produto final, desvalorizando processos e percursos pessoais e institucionais.
Podemos nos enredar nessa lógica míope e viver em constante frustração, acreditando nas sandices dos profetas do deus deste século. Um explorador do passado imaginava a conexão entre as terras, pessoas e coisas, que o processo é importante, que existe valor no empilhamento de cada pedra singular.
Na megalomania dos resultados espetaculosos, o simples perde seu valor.  O humilde é desalojado! A vida perde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário